O Autor da música usada na propaganda da Secom, estrelada por Mário Frias, se arrepende e não vai receber royalties pelo seu uso. Isso porque a música foi lançada no Audio Library, canal do YouTube dedicado a promover músicas sem direitos autorais e creative commons music para criadores de conteúdo.

Sabe aquela propaganda da Secom – Secretaria Especial de Comunicação Social – que deu o que falar, principalmente após a sátira do comediante Marcelo Adnet? Pois desta vez, a notícia é de que o autor da música que fez parte da trilha sonora da campanha, não havia autorizado seu uso.

De acordo com o ‘Diário do Centro do Mundo’, o autor Scott Buckley, autor da música intitulada “Ômega”,  ao ser questionado por um usuário no Twitter sobre os direitos autorais, respondeu que “nenhuma licença foi paga por este uso”. Isso porque, Buckley disponibilizou sua música no Audio Library, canal do YouTube dedicado a promover músicas sem direitos autorais e creative commons music para criadores de conteúdo.

Buckley também aproveitou para se posicionar contra as opiniões da Secom: “Eles apenas a usaram. Definitivamente, não apoio suas opiniões políticas, nem quero seu dinheiro. Esta é outra desvantagem de lançar minha música livremente”.

A opinião de Buckley só reafirma as vantagens e desvantagens de se lançar uma música em plataformas de livre uso. Não se sabe em que mãos ela vai parar!

 

Foto: reprodução YouTube

Tags:

Leia na origem

©2020 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?