Kobalt to administer Elvis songs catalogue | Complete Music Update

A Kobalt assinou um acordo com o Authentic Brands Group e Elvis Presley Enterprises para administrar os interesses da propriedade do falecido rei do Rock. “Estamos entusiasmados em representar um artista tão icônico e um catálogo de músicas atemporais”, disse Laurent Hubert da Kobalt. “Não há um artista mais inovador que se encaixa tão bem com a abordagem inovadora do […]

A Kobalt assinou um acordo com o Authentic Brands Group e Elvis Presley Enterprises para administrar os interesses da propriedade do falecido rei do Rock.

“Estamos entusiasmados em representar um artista tão icônico e um catálogo de músicas atemporais”, disse Laurent Hubert da Kobalt. “Não há um artista mais inovador que se encaixa tão bem com a abordagem inovadora do Kobalt para o negócio da música”.

Leia na origem

Pascal Nègre launches management company with Live Nation in Paris –

Former UMG France boss takes up new role as CEO of #NP

Um dos maiores choques para a Indústria da Música em 2016, foi a saída de Pascal Nègre como chefe da Universal Music França – uma empresa em que trabalhou por 26 anos.

Nègre lançou uma nova empresa de gestão artística em Paris, uma joint venture com a Live Nation. Como revelado em um comunicado de imprensa hoje, a empresa chama-se #NP e vai funcionar através de uma variedade de serviços ao artista. Nègre vai liderar a empresa como CEO, supervisionando os especialistas em marketing, design, digital e identidade visual.

Nègre disse: “a missão do #NP é para garantir que o artista está no cerne do jogo nesta nova era digital. “Nossa equipe especializada dará ao artista conselhos e serviços necessários para permitir que eles façam o que sabem fazer melhor.

A ascensão de Pascal Nègre na Universal Music Group começou em 1990, quando entrou para o grupo da Polygram. Ele foi nomeado como presidente da PolyGram em 1994. Além de seu longo mandato na França UMG, Nègre tornou-se vice-presidente da Universal Music International, para o Oriente Médio e norte da África em 2000. Em 2005, ele foi presidente da região mediterrânica para a UMG (Itália, Espanha, Portugal) e Sul America.Music negócios em todo o mundo;

Leia na origem

Nielsen to Acquire Gracenote From Tribune Media for $560M

Matéria de Billboard

Tribune Media Co. said Tuesday (Dec. 20) that it has agreed to sell substantially all of its digital and data business operations, comprised of Gracenote video, music and sports, to the Nielsen Co. for $560 million in cash, subject to customary purchase price adjustments.

O conglomerado de mídias Tribune Media Co., divulgou nesta terça-feira (20 de dezembro) que todas suas operações de negócios digitais e dados serão vendidas para a Nielsen Co – empresa que oferece uma variedade de informações em pesquisas de mercado. O valor da venda será de US $ 560 milhões em dinheiro, sujeito a ajustes de preço de compra habitual e é composta pela Gracenote vídeos, músicas e esportes.

Com a venda, que deverá ser concluída no primeiro trimestre. a empresa deve pagar dívidas e reinvestir o dinheiro. Para o Presidente e CEO do Tribune Media, Peter Liguori: “Nossa intenção de pagar um dividendo especial, continuar o nosso programa de recompra de parte e pagar a dívida, reflete nosso compromisso de longa data para retornar o capital aos acionistas, mantendo uma abordagem equilibrada para nossa estrutura de capital global.”

A Gracenote fornece informações de referência para mais de 12 milhões de filmes e listagens de televisão, além de possui 200 milhões de músicas. “Graças ao seus incomparáveis banco de dados de música, TV, cinema e esportes, a Gracenote é central para o consumo de entretenimento digital, pelos consumidores,” disse a empresa. “Gracenote é uma empresa global somente fornecendo dados nas quatro maiores e mais populares categorias de entretenimento em escala, incluindo descrições de praticamente todas as músicas, filmes e shows de TV já produzidos, juntamente com esportes e estatísticas para todas as equipes e as melhores ligas do mundo.”

Leia na origem

Why Is YouTube the Biggest Music Service In the World? Just Ask a Music Fan

Matéria de Digital Music News

YouTube accounts for one in four music listening hours, according to MusicWatch. But why is it so dominant? Here's what music fans told us.

O YouTube é responsável por uma em cada quatro horas de música, de acordo com MusicWatch. Mas por que é tão dominante? As respostas, dos fãs de música, são quase tão confusas como as perguntas em si. Foi o que constataram os pesquisadores da MusicWatch. Por que o Youtube? Aqui estão as três razões mais comuns votadas:

74% porque era livre
31% por causa de suas características sob demanda
26% música ilimitada

Veja porque o Youtube fica na frente perante serviços do Spotify e Pandora. Vá em “Leia na Origem”.

Leia na origem

Com Amazon, Netflix e HBO Go, já vale a pena abandonar a TV paga? Compare

Matéria de @UOL

A cada vez que um serviço de streaming é lançado, vem a questão: e a TV paga, como fica? O

“A cada vez que um serviço de streaming é lançado, vem a questão: e a TV paga, como fica? O lançamento internacional do Amazon Prime Video, que nesta quarta-feira (14) passou a ser disponível no Brasil, reacendeu a discussão – significativa em um mercado que perdeu 475 mil assinantes entre outubro de 2015 e o mesmo mês deste ano.”

Além de diferentes valores das tarifas, a escolha irá depender do gosto do usuário destes serviços que possuem cartelas variadas de conteúdos. Saiba o diferencial oferecido por cada plataforma e leia a matéria completa em “Leia na origem”.

Leia na origem

Assim como Netflix, Globo Play comemora recorde de downloads e assinantes no Android e iOS

Matéria de Tudocelular.com

O aplicativo Globo Play atingiu a marca de 10 milhões de assinantes em poucos mais de um ano de lançamento.

“Enquanto a Netflix comemora resultados positivos de seu aplicativo no mundo inteiro, aqui no Brasil, especificamente, o Globo Play atingiu a marca de 10 milhões de instalações em dispositivos móveis. A conquista vem praticamente como um presente de aniversário, já que no mês passada a plataforma da emissora líder em audiência no país comemorou um ano de vida.”

“Para a ano que vem o aplicativo prepara várias novidades, entre elas quatro minisséries que terão suas estreias antecipadas confirmadas pela plataforma: “Aldo”, “Dois Irmãos”, “Cidade dos Homens” e “Brasil a Bordo”, e também a ampliações de funcionalidades, personalização de conteúdo, recomendações por perfil de usuário e uma nova home para smart TVs.”

Leia na origem

Android ou Windows?! Nokia publica curioso teaser de seu futuro smartphone

Matéria de Tudocelular.com

Esta semana, a Nokia publicou um novo teaser onde mostra um dispositivo misterioso, com um conceito bem conhecido pela geração atual!

A Nokia promete mesmo voltar com tudo ao mercado de telefonia móvel e ao que tudo indica, a empresa seguirá investindo em peso no Android, visto que “agora a Nokia não possui vínculo com a Microsoft, e vai trabalhar em parceria com a HMD Global e Foxconn para seguir no embate com outras gigantes no segmento.”

No Twitter, a Nokia já publicou um teaser com um dispositivo curioso dizendo: “dispositivos móveis são a primeira tela, mas não a única”, o que indica um conceito que pode ser equivalente ao recurso da Microsoft chamado Continuum.

“A ilustração mostra um usuário utilizando o smartphone e, em seguida, migrando para o PC”, o que lembra a função principal do Continuum. “Muitos alegam que apesar da Nokia ter ‘confirmado’ adotar o Android, nada pode impedir que a empresa invista em outra plataforma em seu portfólio, mas estes detalhes serão revelados apenas no Mobile World Congress 2017, evento no qual a companhia também marcará presença.”

“Seria este o nascimento do ‘Continuum’ direcionado para o icônico robozinho do Google? Ou será que a Nokia tem algo a mais que segue guardando a sete chaves e pode surpreender os fãs?”. Vamos acompanhar as novidades!

 

Leia na origem

Senado aprova imposto sobre Netflix e Spotify |

Matéria de Tecnoblog

O Senado aprovou na tarde desta quarta-feira (14) um projeto de lei que estende a cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) a setores que ainda não eram tri

Foi aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (14) um projeto de lei “que estende a cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS) a setores que ainda não eram tributados, como os serviços que vendem conteúdo por streaming.” Isso poderá trazer um aumento das tarifas do Netflix e Spotify. A versão ainda exclui serviços de “disponibilização de aplicativos em página eletrônica” e “elaboração de programas de computadores, inclusive de jogos eletrônicos”

“O texto que foi aprovado é um substitutivo ao projeto de lei complementar 366/2013, aprovado pelos deputados em setembro de 2015. O projeto adiciona o ISS aos serviços de “disponibilização, sem cessão definitiva, de conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto por meio da internet, respeitada a imunidade de livros, jornais e periódicos”, ou seja, serviços de streaming e aluguel, mas não venda de conteúdo.”

Leia na origem

The global music copyright business is worth more than you think – and grew by nearly $1bn last year –

Spotify's economics chief Will Page explains how both publishing and records are growing

Em parceria com o IFPI, o Diretor de Economia do Spotify, Will Page apresenta suas descobertas sobre arrecadação de valores monetários na indústria de Direitos Autorais. Veja a análise de como é realizado o processo e como ele chegou a conclusão de que ao todo a Indústria da Música vale $15bn e está crescendo cada vez mais.

 

 

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?