A fabricante de guitarras Gibson declara falência.

Nesta semana a Gibson, fabricante de guitarras, pediu uma proteção contra falência.

A fabricante de guitarras Gibson declarou falência nesta semana. A empresa passará por um programa de reestruturação no qual seus credores financiarão S$135 milhões.

A estratégia para sair do vermelho será voltar a focar em seu core business de fabricação de instrumentos musicais.

Em 2014, a empresa acumulou uma grande parte de sua dívida, que está em US$500 milhões, para adquirir a divisão de eletrônicos de consumo da Philips – WOOX Innovation. O acordo ficou em US$ 135 milhões e mais um contrato de licenciamento da marca para continuar usando o nome Philips.

Após a aquisição mal sucedida, a fabricante tem lutado para expandir seus negócios de áudio e no setor eletrônico doméstico.

Este ano já foi anunciado que não haverá novos lançamentos de produtos e como parte do acordo de falência, essa divisão será encerrada. A empresa também tem enfrentado altos custos de materiais e queda nas vendas.

O CEO Henry Juszkiewicz, ressaltou que o processo de reestruturação será praticamente invisível para os clientes, mas todos podem continuar confiando na Gibson para fornecer produtos e atendimento incomparáveis. A empresa pretende sair da falência em 24 de setembro.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?