O Spotify contratou François Pachet, um dos principais especialistas na aplicação da Inteligência Artificial no mundo da música pop.

Pachet era diretor do Laboratório de Ciência da Computação da Sony em Paris, onde lidera a equipe de pesquisa de música. Ele trabalhou na Sony há 20 anos. Em 2012, ele supervisionou um projeto que criou canções pop compostas por IA, além de lançar o primeiro selo de música dedicado ao uso profissional da IA para a produção de música.

No início deste ano, a equipe da Sony de Pachet lançou duas músicas pop usando IA – “Daddy’s Car”, ao estilo de The Beatles, e “The Ballad Of Shadow”, ao estilo de compositores americanos como Irving Berlin e Duke Ellington.

Vários rumores estão surgindo sobre a contratação de Pachet pelo Spotify. Na empresa de streaming ele poderia desenvolver várias ferramentas novas com IA que poderiam ajudar compositores a se tornarem mais eficazes.

No entanto Pachet chamou atenção em um painel ao dizer que a música escrita por IA, não deveria dar direitos autorais após sua publicação.

Tags:

Leia na origem

©2019 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?