APPLE ADQUIRE SERVIÇO DE STREAMING DE MÚSICA CLÁSSICA

Com aquisição do Primephonic, Apple Music lançará novo app com raridades da música clássica que não são encontradas nos serviços de streaming mais populares.

Nesta segunda-feira (30) a Apple anunciou a compra do Primephonic, um serviço de streaming de música clássica da Holanda.

Conforme o Music Business Worldwide, a Apple pretende lançar um novo aplicativo, que será chamado de Apple Music Classical , voltado apenas para o streaming de música clássica com a tecnologia e recursos exclusivos do  Primephonic.

O novo app vai chegar ao mercado de streaming como uma grande ajuda aos ouvintes do gênero musical, que atualmente possuem grande dificuldade em encontrar versões específicas de músicas que não estão disponíveis nas plataformas mais populares.

Os assinantes do Primephonic ganharão seis meses de assinatura gratuita da Apple Music, e acesso a centenas de álbuns clássicos.

“Como uma startup apenas de música clássica, não podemos alcançar a maioria dos ouvintes  globais, especialmente aqueles que ouvem outros gêneros musicais também. Portanto, concluímos que, para cumprir nossa missão, precisamos fazer parceria com um serviço de streaming líder que englobe todos os gêneros e também compartilhe nosso amor pela música clássica. Hoje, estamos, portanto, entusiasmados em compartilhar um grande passo em frente em nossa missão – a Primephonic está se juntando à Apple Music!”, anunciou a plataforma em um comunicado.

Leia na origem

NOVOS SERVIÇOS DE STREAMING TRAZEM QUALIDADE PARA FÃS DE MÚSICA CLÁSSICA

Matéria de O Globo

Como ouvir música clássica em um mundo onde os algoritmos das plataformas só indicam as músicas mais populares.

O Globo falou sobre como os fãs de música clássica tem encontrado dificuldades em ouvir música de qualidade, em um mundo onde os algoritmos das plataformas de streaming só indicam as músicas mais populares.

Os fãs de música clássica, apesar de poucos, continuam fieis e exigentes. O problema é encontrar faixas de qualidade, com descrições adequadas nos serviços de streaming.

Além das poucas opções, um outro grande problema para o encontro do gênero com o seu público sido relacionado aos metadados —  informações das faixas, como títulos e profissionais associados — das plataformas de streaming. Críticos argumentam que a arquitetura básica da música clássica não se encaixa nas plataformas, que são construídas com base na música pop.  No Spotify, por exemplo, ao se pesquisar “Mozart Requiem”, o usuário receberá uma “lista confusa de dezenas de álbuns” e Mozart aparecerá como “artista”, pois não há campo para compositor.

“Se você tem Herbert von Karajan regendo uma ópera de Verdi com Maria Callas, quem é o artista?” disse Till Janczukowicz, diretor executivo da Idagio, sediada em Berlim desde 2015. “Esta não é uma crise de gênero. É uma crise na embalagem de uma indústria”.

A Idagio e Primephonic são dois novos serviços de streaming que tem apostado em melhorar o acesso ao gênero musical: “Nossa missão é virar a maré para a música clássica da maneira como o Spotify fez para o pop”,  afirmou  Thomas Steffens, presidente da Primephonic, sediada em Amsterdã, na Holanda ao portal.

Para preencher esta lacuna, tanto a Primephonic, quanto a Idagio estão oferecendo um tradicional serviço de streaming, mas o diferencial está no detalhamento de faixas com base nos compositores, solistas, orquestras e maestros. Para uma pesquisa mais acurada, a Idagio possui uma equipe de supervisão de dados formada por 10 musicólogos na Eslovaquia.

Por US$8 ao mês (cerca de R$30) é possível assinar o plano da Primephonic, que disponibiliza pesquisa por número e tom de cada movimento. Na Idagio, o plano de assinatura é de US$10.

Segundo o último levantamento divulgado pela Midia Research, as gravações de músicas clássicas geraram US$384 milhões (cerca de R$1,5 bilhão) em todo o mundo, em 2018.

 

Foto: MIKEL JASO / The New York Times

Leia na origem

Conhece o Primephonic? Streaming de música clássica conta com mais de 1 milhão de faixas!

Matéria de latimes.com

Conheça o Primephonic, o serviço de streaming com mais de 1 milhão de músicas clássicas e que oferece remuneração justa aos músicos.

Lançado nos Estados Unidos, Reino Unido e Holanda, o Primephonic é um novo serviço de streaming dedicado exclusivamente à música clássica.

A plataforma conta com quase todas as músicas clássicas já gravadas, mais de 1 milhão de faixas disponíveis ao toque de um botão. Os catálogos em oferta incluem os da Warner Classics, Sony Classical, Universal Music Classics, Decca, Deutsche Grammophon e EMI, além de mais 400 outras marcas em todo o mundo.

Com uma variedade de playlists especiais que permitem aos ouvintes mergulhar em composições medievais e minimalismo, é possível pesquisar por compositor, título, artista, período musical e gênero. Há ainda informações de fundo sobre os artistas e gravações.

Outra característica interessante é a opção de comparar várias versões regravadas de uma canção, que pode dar aos ouvintes uma perspectiva sobre a evolução da arte.

Thomas Steffens , CEO do Primephonic, disse que o objetivo da empresa era inaugurar uma nova era para a música clássica na era digital.

“O streaming revolucionou a maneira como o mundo ouve música, mas não conseguiu revolucionar a música clássica”, afirmou Steffens. Sua principal preocupação era criar um modelo de negócios sustentável que oferecesse receita justa para artistas clássicos. Para este fim, a empresa desenvolveu um modelo de pagamento por segundo que leva em consideração a natureza de forma longa das composições clássicas e compensa em conformidade.

Leia na origem

©2022 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?