São Paulo lança estúdio aberto ao público com equipamentos profissionais para criação de podcasts

Matéria de Meio & Mensagem

Estúdio em São Paulo é aberto ao público. Saiba como agendar um horário.

A Prefeitura de São Paulo e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho inauguraram recentemente um estúdio aberto ao público, para incentivar a criação de podcasts.

Conforme explicou o Meio & Mensagem, o Sampacast é uma espaço gratuito, com profissionais e todos os equipamentos necessários para incentivar e fomentar projetos voltados para podcasts, vídeo conteúdo, web séries, entrevistas, lives e outros formatos a serem disseminados nos canais digitais, além do desenvolvimento roteiros, edição de materiais e possibilidade de monetização dos canais.

Quem tiver interesse em usar o espaço, basta agendar previamente um horário entre 10hrs as 18hrs no portal adesampa.com.br/sampacast. O espaço está localizado o Centro de Inovação Verde Bruno Covas – no andar do Hub Green Sampa, localizado na Rua Sumidouro, 580, dentro da Praça Victor Civita, em Pinheiros.

Foto: Alex from the Rock/shutterstock

Leia na origem

Com fase verde iminente, São Paulo anuncia novas regras para liberação de shows, teatros e cinema.

Matéria de VEJA

A Prefeitura de São Paulo publicou novos protocolos para liberação de eventos culturais. Assim que o município seguir para a fase verde, serão liberados cinemas, bibliotecas, teatros e apresentações em casas de show com até 2.000 pessoas! Veja como ficam as novas regras.

Na última sexta-feira a Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial da Cidade, novos protocolos para a liberação de reabertura de espaços culturais no município.

De acordo com a Veja, assim que o governo alterar a classificação da fase amarela para a fase verde no município (previsto para outubro), serão liberados eventos com lotação de até 600 pessoas em teatros, apresentações em casas de shows, museus, galerias, bibliotecas, conversões, seminários, workshops, palestras e feiras de gastronomia.

Eventos acima de 600 pessoas e até 2.000 deverão ter uma licença especial autorizada pela Secretaria Municipal de Licenciamento. Aglomerações acima de 2.000 pessoas continuam proibidas na fase verde.

Shows com público em pé também poderão voltar mediante, claro, de uma série de regras como uso de máscaras, disponibilidade de álcool em gel, medição de temperatura, distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas com marcações no chão, além de espaçamento de dois metros para a circulação.

No caso de eventos com mesas e cadeiras, os assentos deverão manter o mesmo distanciamento ou serem intercalados, deixando dois lugares livres entre os espectadores. Apenas poderão ficar próximos, grupos de até seis pessoas que comprarem ingressos juntos.

Para quem estava com saudades de ir ao cinema, a notícia é de que a reabertura já está prevista. Além de terem que seguir as regras de higiene exigidas nos protocolos, as salas terão ocupação de 60%. Sendo que limitadas até 200 pessoas nos primeiros 28 dias, e após, o limite sobe para  500 pessoas.

O portal informa ainda que todo o “processo de validação dos protocolos para a retomada do setor cultural foi realizado em conjunto por diversas secretarias da Prefeitura, recebidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET), com orientação e auxílio da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), validação de protocolos sanitários da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por meio da COVISA e oficialização do processo de validação pela Secretaria da Casa Civil”.

Foto: O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB)/Divulgação

Leia na origem

©2022 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?