Instagram muda e permite vídeos de até uma hora

Matéria de EXAME

Vem aí novo aplicativo do Instagram para competir com o YouTube.

O Instagram anunciou o lançamento de uma novidade, o “IGTV”, será um aplicativo que suportará vídeos de até uma hora de duração.

O novo aplicativo será como o YouTube porém apenas com vídeos verticais e estará inicialmente disponível em dispositivos móveis, com versões para Android e iPhone.

Segundo o portal da revista EXAME, o IGTV terá recomendações de conteúdos para os usuários e os vídeos publicados não poderão ser monetizados pelos criadores.

Além de anunciar a novidade, o Instagram também informou que atualmente possui um bilhão de usuários ativos mensalmente no mundo todo.

Leia na origem

The man behind Spotify’s Discover Weekly feature is going to Instagram

Matéria de Recode

O criador de um dos recursos mais importantes do Spotify, o “Discover Weekly” está indo para o Instagram. Sinal de novidades!

Como Diretor de produtos no Spotify, Matthew Ogle, trabalhou nos esforços de personalização do serviço de música, ele é o cara por trás de recurso “Discover Weekly”, que gera listas de reprodução automáticas para os usuários com base em seu gosto.

Ao anunciar no Twitter que está deixando o serviço de streaming para ir para o Instagram, os ligados em tecnologia ficaram animados. Com certeza ele trará novidades para a plataforma.

Ele mensagem direta no Twitter ao site Recode, ele disse que admira o Instagram e por isso está muito feliz em se juntar a uma equipe de alto impacto e crescimento rápido. Além disso, ele comentou que está trabalhando em novas maneiras de descobrir, explorar e fortalecer os relacionamentos dos usuários com as pessoas e seus interesses.

Leia na origem

Apple lançará app ‘concorrente’ do Snpachat e do Instagram

Em breve, a Apple lançará um aplicativo semelhante ao Instagram e Snapchat.

Em abril, a Apple lançará na App Store um aplicativo bem parecido com o snapchat e o Instagram. O “Clips” é “um recurso que firula entre o iMovie e o slideshow Memories em usabilidade, mas opera de maneira similar às duas redes sociais predecessoras: vídeos curtos e fotos”.

O site Tech Crunch apontou que o diferencial do aplicativo é não ser uma rede social, mas possuirá recursos de edição de vídeo, especialidade da Apple.

A diferença é que, como aponta o Tech Crunch, a Apple não lançará uma rede social. Só criará vídeos de maneira similar. Trata-se de um aplicativo que tem função de compartilhamento para o Facebook, YouTube, Vimeo e Instagram. A vantagem? A expertise da Apple quando o assunto é editor de vídeo.

Leia na origem

©2020 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?