INSTAGRAM RECEBE ATUALIZAÇÃO INSPIRADA NO TIKTOK

Matéria de EXAME

O Brasil foi o escolhido para testar o novo recurso do Instagram semelhante ao Tik Tok.

O Instagram escolheu o Brasil para testar um novo recurso que permite a gravação de pequenos filmes sincronizados com músicas e edições.

Disponível para Android e iOS, a novidade batizada de “Cenas”, foi anunciada na manhã de terça-feira (12) e parece ser bem semelhante ao TikTok, aplicativo que virou febre entre os adolescentes.

Segundo a EXAME, não é a primeira vez em que uma atualização do Instagram se parece com outros aplicativos. O stories é um das grandes “inspirações” e foi criado com base no Snapchat.

Foto: Reprodução/Getty Images

Leia na origem

FACEBOOK E INSTAGRAM LIBERAM FUNÇÃO DE MÚSICA NO BRASIL

Já atualizou o seu Facebook/Instagram para aproveitar os novos recursos de música?

O Facebook e o Instagram anunciaram que seus usuários no Brasil agora podem adicionar música aos Stories.

Segundo o Music Business Worldwide, a notícia foi anunciada em um post no blog Instagram Brasil, pelo líder do Facebook LATAM Music Publishing Business, Álvaro de Torres. Ele afirmou que o novo recurso nas redes sociais é o resultado de vários acordos de licenciamento globais e locais, o que possibilitou a criação de “um vasto catálogo de milhões de músicas nacionais e internacionais” nas plataformas.

Também lançado no país o Lip Sync Live, um novo recurso que permite ao usuário executar e dublar músicas no Facebook.

“Temos trabalhado com a comunidade musical em todo o mundo para levar música para o Instagram e Facebook, e além das licenças disponíveis de gravadoras internacionais, fizemos uma parceria com marcas locais, editores de música e colecionadores para garantir que as músicas que as pessoas mais amam no Brasil agora possam ser adicionadas às suas fotos e vídeos, através de um vasto catálogo de milhões de músicas nacionais e internacionais.”, afirmou Álvaro de Torres no blog.

Não deixe de conferir o sorteio que está rolando do livro “Mapa Sound System Brasil – Vol.1” em nosso Instagram! O sorteio será neste sábado (29/06). Para concorrer clique AQUI.

Leia na origem

Deezer permite compartilhar letras de música pelo Stories.

Saiba como compartilhar pelo Deezer, as letras de suas músicas favoritas nos Stories do Instagram.

Os usuários do Deezer poderão compartilhar as letras das músicas pelo Stories do Instagram para que seus seguidores possam ouvir a canção completa no serviço de streaming.

Para ativar o novo recurso, o usuário do Deezer deverá tocar no símbolo “Lyrics” para ver as letras e depois compartilhá-las. Assim, basta selecionar e cortar o trecho da letra que deseja compartilhar no Stories.

Os usuários poderão compartilhar até cinco linhas das letras de música e compartilhar as capas dos singles, artistas, playlists, álbuns e podcasts.

“Graças à nossa nova integração com o Instagram, os fãs de música agora podem compartilhar não apenas seus próprios momentos especiais, mas as músicas que contam sua história pessoal da melhor maneira.” afirmou Stefan Tweaser, diretor de produtos e crescimento da Deezer.

 

Leia na origem

Spotify agora tem seu próprio Stories

Matéria de EXAME

Spotify lançou seu próprio Stories para ajudar artistas a promoverem ainda mais suas músicas na plataforma.

O Spotify agora tem seu próprio recurso de Stories, similar ao Instagram. De acordo com a Exame, a nova função será destinada aos artistas que desejam divulgar seu próprio conteúdo, sobre a música que está sendo tocada.

O Storyline é disponibilizado pela Genius Bar, que já informa a letra da música e outras informações gerais. A diferença é que o artista poderá inserir conteúdo personalizado como o Stories do instagram.

O serviço ainda não informou quando a ferramenta estará disponível globalmente, ou se haverá outras novidades de interação com os artistas. Entretanto, já é possível verificar que a cantora Billie Eilish e o trio Jonas Brothers já estão utilizando a ferramenta para promover suas novas músicas.

 

Estamos no instagram! @mct.mus

 

Foto: (Christian Hartmann/Reuters)

Leia na origem

Facebook quer unificar Instagram, WhatsApp e Messenger

Matéria de Ubergizmo

Tudo junto e misturado? Mark Zuckerberg, CEO da Facebook está procurando unificar a rede social com o Instagram, o WhatsApp e o Facebook Messenger.

Segundo o portal Ubergizmo.com, o New York Times divulgou um relatório onde o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que pretende unificar seus serviços, como o Instagram, WhatsApp e Facebook Messenger.

Não, isso não significa que os serviços do Facebook serão todos mesclados. Zuckerberg estava se referindo a infraestrutura dos aplicativos, principalmente com relação a segurança. Uma das coisas que o CEO  espera ver é a inclusão de criptografia de ponta a ponta nos serviços.

De acordo com o portal, especula-se que o objetivo das mudanças seria interligar os serviços do Facebook para que seja mais difícil para os usuários abandonarem a plataforma. Um bom exemplo seria o WhatsApp, que não exige do usuário se conectar ao Facebook para utilizá-lo.

O Facebook planeja concluir as mudanças até o final do ano ou início de 2020.

Leia na origem

O SoundCloud anunciou novo recurso de compartilhamento de músicas no Stories do Instagram.

Matéria de Mobile Marketer

O SoundCloud anunciou que está integrado ao Instagram. A parceria beneficiará artistas, que poderão promover suas músicas através do Instagram Stories, permitindo que os ouvintes compartilhem suas músicas com maior praticidade.

O SoundCloud anunciou que está integrado ao Instagram. A parceria beneficiará artistas, que poderão promover suas músicas através do Instagram Stories, permitindo que os ouvintes compartilhem suas músicas com maior praticidade.

O SoundCloud, serviço de streaming de música que atualmente possui 175 milhões de usuários em todo o mundo, anunciou uma parceria com o Instagram para permitir que os usuários compartilhem links de músicas no Stories do Instagram.

A integração entre os dois aplicativos beneficiará artistas, principalmente os independentes, ajudando na promoção de suas músicas através de um compartilhamento muito mais prático com amigos, além de incentivar os downloads no aplicativo do SoundCloud.

A noticia já havia sido anunciada em maio pelo Facebook, empresa-mãe do Instagram, durante sua conferência de desenvolvedores, quando a rede social também disse que aplicativos de terceiros como o Spotify e o GoPro teriam recursos de compartilhamento adicionais.

Segundo o Mobile Marketer, a parceria pode ajudar o SoundCloud a alcançar um novo público, especialmente porque o Instagram é um dos aplicativos mais populares entre os adolescentes dos EUA.

Ao integrar sua biblioteca de músicas ao Instagram Stories, o SoundCloud tem potencial para alcançar os 400 milhões de usuários ativos diários do Stories.

Os anunciantes também podem ser beneficiados, já que de acordo com o Instagram, metade dos consumidores compram um produto on-line após assistir a um Stories, e 31% compram na loja após ver um produto na plataforma. Ou seja, um stories com conteúdo musical, aumenta ainda mais o engajamento de um conteúdo promocional.

Desde que começou a focar nos criadores de conteúdo, o SoundCloud conseguiu aumentar o número de faixas disponíveis em seu aplicativo para mais de 177 milhões, em comparação aos 40 milhões no Spotify, de acordo com o portal Digital Music News.

Pensando nos criadores como estratégia para ganhar mais espaço entre os serviços de streaming, no início deste mês, o SoudCloud abriu suas ferramentas de monetização para todos os artistas em um plano Premier com valores mensais de US$8 a US$16.

Após o anúncio do Spotify, em setembro, sobre o recurso de upload direto para artistas independentes, o SoundCloud foi atrás e também anunciou parcerias com vários desenvolvedores de softwares de música como o Native Instruments, Serato e DJ Virtual para permitir que DJs transmitam em tempo real seus  catálogos de músicas na plataforma.

Leia na origem

Novo estudo mostra relação entre mídias sociais e música

Matéria de Billboard

“A fama pode ser passageira nas redes sociais, mas artistas e bandas têm maior poder de influência”: Um estudo descobriu que nove entre dez usuários de mídias sociais como o Facebook, Twitter, Instagram ou Snapchat fazem uma atividade relacionada à música.

De acordo com dados compilados pela empresa de pesquisa e análise MusicWatch, nove entre dez usuários usam as mídias sociais para fazer atividades relacionadas à música.

De particular interesse para o negócio da música seriam os resultados das métricas de consumo da pesquisa.

A maioria dos entrevistados (75%) usam as mídias sociais para assistir a videoclipes; 69% para ouvir música em rádios e 35% pagam por uma assinatura de streaming de música.

Com relação ao perfil dos usuários, 36% possui idade entre 13 e 24 anos e o hip-hop é o gênero mais procurado pelos seguidores. Além disso, os artistas e músicos estão no topo da lista de influenciadores mais seguidos.

“A fama pode ser passageira nas redes sociais, mas artistas e bandas têm maior poder de influência”, afirmou o MusicWatch em um post no blog que acompanha o estudo.

O MusicWatch ainda explicou que o motivo da preferência por música é que os usuários possuem interesse constante nas carreiras de seus artistas favoritos e querem atualizações em seus projetos musicais, passeios e estilos de vida.

A rede social preferida para compartilhar e marcar músicos é o Instagram com 56% dos usuários.

No Snapchat, 68% dos usuários visualizaram ou postaram fotos de eventos de música ao vivo, enquanto 23% dos posts continham letras de músicas.

“Dois de cada três (63%) usuários concordam que estão descobrindo novos artistas nas mídias sociais”, continuou  postagem no blog do MusicWatch.

Leia na origem

O INSTAGRAM SE TORNARÁ O NOVO MELHOR AMIGO DA INDÚSTRIA DA MÚSICA?

Após o cantor e cantor Jaden Smith ter lançado seu novo álbum ‘Electric’ apenas no Instagram, o site Music Business Worldwide publicou uma análise sobre como as novidades na rede social, IGTV e música nos Stories, abrirão portas para os músicos.

A primeira oportunidade que o Instagram criou para impulsionar a indústria da música é o IGTV. No dia 20 de junho, o Instagram anunciou o novo app que é muito mais que apenas um lugar para postar vídeos de até uma hora.  Ele possui um grande potencial para ser um concorrente forte do YouTube.

Quem já está aproveitando a nova funcionalidade são as marcas. Tanto que a Netflix conseguiu 600 mil visualizações com um vídeo de um ator do seriado Stranger Things comendo um hambúrguer.

Além do IGTV, outra novidade da rede social que deve estimular a indústria da música são os novos recursos de adicionar músicas no Stories. O recurso só foi possível ser anunciado após uma série de acordos de licenciamento que Mark Zuckerberg, criador do Facebook, realizou com gravadoras.

O acordo valerá a pena, já que agora o Stories será mais uma forma de interação dos usuários de forma criativa com a música. Interação é a palavra que trará monetização, pois o comportamento orgânico de gravar vídeos e ouvir música tem um grande potencial de compensação para os artistas.

Neste momento, não há anúncios ou formas diretas de rentabilização para os criadores de conteúdo, mas é tudo uma questão de “quando”, e não de “se”.

O diferencial do Instagram é monetizar as partes do dia que o usuário escolhe transmitir, diferente de serviços de streaming como Pandora e Spotify, que fornece uma trilha sonora interminável para o dia.

“A proposta para os artistas agora é dar aos fãs uma razão para transmitir sua música, usando o Instagram Stories para aumentar a exibição pública de afeto”, informou o site MBW.

A nova abordagem mostrou que o Instagram pode oferecer duas formas de distribuição de música que não estão sendo oferecidas pela Apple, Spotify ou mesmo pelo YouTube. A plataforma não tem o catálogo do YouTube, mas contém um conteúdo quase infinito de pessoas cantando e compartilhando suas músicas favoritas com amigos. O IGTV continuará crescendo, mas o novo Stories com músicas abrirá um caminho para a monetização.

Leia na origem

Spotify e YouTube para quê? Jaden Smith lança seu novo álbum no Instagram

Matéria de Tudocelular.com

O cantor Jaden Smith lançou seu novo álbum apenas no Instagram e provou que a ferramenta é uma excelente aliada aos músicos.

O cantor e ator, filho de Will Smith, Jaden Smith, provou que o Instagram pode ser mais que uma ferramenta para fotos e pode ajudar também na divulgação de músicas. Nesta semana, seu novo álbum ‘SYRE: The Electric Album’ foi lançado na plataforma.

Para a divulgação do álbum, Jaden publicou cinco previews em vídeo em sua linha do tempo e é possível conferir todas as faixas na íntegra pelo IGTV.

Por enquanto, só é possível encontrar o álbum no Instagram. Não foi divulgado se em breve ele aparecerá nas principais plataformas de streaming.

Leia na origem

Instagram adiciona músicas ao Stories e anuncia 400 milhões de usuários diários.

Matéria de Billboard

Após acordos de licenciamento, o Instagram vai ficar ainda mais interessante com o novo recurso de adicionar músicas no Stories.

Nesta quinta-feira (28 de junho) o Instagram anunciou um novo recurso que permitirá que os usuários adicionem músicas no Stories. Por enquanto a novidade só está disponível para alguns países.

De acordo com o Instagram, para acessar o recurso basta ir à biblioteca que estará disponível e escolher uma música, os usuários podem identificar a seção exata da faixa que desejam reproduzir em seu Stories, avançando ou retrocedendo. Além disso, em dispositivos iOS, será possível escolher a música antes de gravar.

O novo recurso é o resultado de acordos de licenciamento de músicas realizados no ano passado entre o Facebook e as gravadoras. No início deste mês, a rede social também lançou novos recursos envolvendo música.

O Instagram também afirmou que atualmente cerca de 400 milhões de usuários usam o recurso Stores diariamente, o que representa mais do que o dobro de usuário do rival Snapchat.

Leia na origem

©2020 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?