O devido pagamento

O devido pagamento
Matéria de O Globo

Manno Góes alerta sobre a PL 3968, da deputada Renata Abreu, onde isenta hotéis, motéis e pousadas de pagamentos autorais para impulsionar o turismo.

A PL 3968, da deputada Renata Abreu, isenta hotéis, motéis e pousadas de pagamentos autorais para impulsionar o turismo.

Segundo o Ecad, a parlamentar é detentora de redes de rádios inadimplentes com os autores. Para Manno: “Agir assim é desconhecer que um elemento poderosíssimo de atração turística são justamente a música e as manifestações culturais de um lugar. É contraditório e irresponsável. É afirmar que a música não é tão importante assim. E quem acha que a música não tem tamanha importância no seu poder de atração e sedução comete um grave equívoco”.

Se aprovada a iniciativa, autores sofrerão prejuízos anuais de 200 milhões de reais.

Leia na origem

Relatora de pacote de isenções a rádios e outras entidades deve R$ 25 milhões ao Ecad, revela jornal

Deputada Renata Abreu é denunciada por interesses pessoais em votação de projeto sobre isenção de direitos autorais.

O Jornal O Globo revelou que a Deputada Renata Abreu, relatora da Comissão Especial da Câmara “que analisa um pacote de 44 projetos sobre isenções de direitos autorais para igrejas, academias de ginástica, hotéis, rádios comunitárias e outros estabelecimentos”, possui interesses pessoais sobre a votação e deve quase R$ 25 milhões ao Ecad.

A denúncia do jornal O Globo, “caiu como uma bomba no mercado, que sempre desconfiou do interesse de Abreu pela rápida aprovação das isenções – algumas remontando a 1997 –, uma vez que a família da parlamentar é dona de uma rede de rádios no interior paulista. Uma das rádios, o Sistema Atual de Radiodifusão, deve R$ 21,2 milhões em direitos autorais. A outra, a Rádio Difusora Atual, R$ 3 milhões”.

“Artistas como Chico Buarque, Carlinhos Brown, Moska, Sandra de Sá, Henrique Portugal, Erasmo Carlos e dezenas de outros já assinaram um abaixo-assinado para pressionar o Senado pela rejeição dessa injusta isenção”, uma vez que os negócios da deputada iriam ser beneficiados.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?