Algoritmo revela que música pop está ficando cada vez mais repetitiva

Em curioso estudo, programador constata que as músicas pop estão cada vez mais repetitivas. Rihanna e Daft Punk são os artistas mais repetitivos da história!

Para realizar o estudo, o programador  Morris analisou as músicas mais populares do TOP 100 da Billboard entre os anos de 1958 a 2017. “Ele pegou as letras das músicas e utilizou sobre elas o algoritmo de Lempel-Ziv. Esse algoritmo é usado em uma série de tarefas de compressão, incluindo as que são responsáveis pelos GIFs, arquivos .zip e imagens .png que vemos na internet com frequência”.

Comprimindo as letras das músicas, “sempre que o algoritmo encontrava algum tipo de repetição, ele a substituía por um marcador, reduzindo o tamanho total da letra. Esse processo permitiu encolher em 67,6% a letra de “All You Need is Love”, dos Beatles, por exemplo”.

Uma das conclusões curiosas do estudo é que a artista mais repetitiva foi a Rihanna, “praticamente todas as músicas dela ficavam acima da média de 50%, com pelo menos cinco superando até mesmo os 75% de compressibilidade”. Além disso, a “música mais repetitiva de todas foi “Around The World”, do Daft Punk”. A canção tem apenas três palavras repetidas durante sete minutos de música! Na notícia veja os gráficos e mais detalhes do estudo.

Leia na origem

Student responds to Apple rejection by creating better version of Apple Music

Matéria de The Daily Dot

Um estudante de design gráfico da Northwestern criou um redesenho maravilhoso da Apple Music que é certo para torná-lo um concorrente contra Spotify e Google Music. Se a Apple não o tivesse rejeitado apenas três meses antes.

Após não ser aceito na vaga de design gráfico da Apple, o estudante Jason Yuan teve várias ideias e reformulou o aplicativo de música da Apple. Veja como ficou o resultado pela visão do futuro designer gráfico.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?