Matéria de O Globo

Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI) e Pró-Música (antiga ABPD — Associação Brasileira de Produtores de Discos) divulgaram dados sobre a Indústria da Fonográfica no Brasil e streaming é o grande destaque.

O mercado fonográfico mundial seguiu a tendência apontada em 2015 e cresceu 5,9% em 2016. “É a primeira vez que o mercado cresce dois anos seguidos desde o início do levantamento, em 1999”. No entanto, o Brasil teve uma retração de 2,8%.

O presidente da Pró-Música, Paulo Rosa, avaliou que os resultados no Brasil não são negativos, uma vez que o cenário encontra-se em dois anos de recessão. “O PIB do Brasil caiu 7% só no ano passado. O mercado dos livros acaba de divulgar que caiu mais de 5%. A razão dessa queda vem muito da despencada do mercado físico (que caiu 43,2% no Brasil). A economia brasileira hoje não favorece o consumo”.

O portal O GLOBO publicou os principais dados do relatório com mais comentários de Paulo Rosa. Confira na íntegra

Tags:

Leia na origem

©2024 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?