Em petição, a National Music Publishers’ Association (NMPA) em parceria com a Nashville Songwriters Association International (NSAI) tenta agir em nome da comunidade musical para tentar aumentar as taxas pagas aos artistas por serviços de streaming.

Com a decisão do U.S. Copyright Royalty Board (CRB) para determinar novas taxas para os próximos cinco anos, as organizações se uniram para conseguir taxas de royalties melhores e mais justas para todos os compositores e editores de música. O NMPA está pedindo ao CRB para “adotar uma estrutura que considere o valor inerente de uma canção, o valor que um assinante deve pagar para acessar essas músicas e a uma receita que os serviços digitais geram ao oferecer uma música”.

As organizações escreveram uma carta aberta às gigantes de tecnologia e plataformas de streaming e pediram aos compositores para assiná-la.

Em alguns pontos da carta as organizações pedem: “Como compositores, contamos com vocês para entregar nossa música para os fãs”. “Agradecemos as inovadoras plataformas que desenvolveram essa possibilidade. No entanto, devemos expressar nossa indignação com a forma como vocês estão desvalorizando nosso trabalho. Atualmente, vocês estão lutando para nos pagar o mínimo possível nos direitos autorais. Isso é alarmante, não só porque ameaça nossos meios de subsistência e capacidade de continuar nosso ofício, mas também porque nos diz que em vez de serem nossos parceiros de negócios, vocês escolheram ser nossos adversários.”

Mais de 4000 compositores assinaram a petição, incluindo Bruce Hornsby, Herb Alpert, Paula Cole e Desmond Child.

Tags:

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?