Matéria de @LinkedInEditors

Vamos falar sobre rádio no Brasil? Pesquisas confirmam que o rádio continua sendo o maior veículo de comunicação no país e tem sido consumido por jovens através de celulares, online e podcasts! Veja o que as pesquisas apontam sobre o rádio no país.

Semana passada, o rádio ganhou destaque em nosso grupo do Facebook. Postamos um artigo do Linkedin com pesquisas sobre o rádio no Brasil.

No artigo, uma pesquisa da “Book de Rádio” elaborada pelo Kantar Ibope mostrou que o rádio continua sendo consumido pela maior parte da população, com 53% ouvindo regularmente.

A mesma pesquisa afirmou que a média de tempo gasto ouvindo rádio é de 4 horas e 40 minutos por dia. Além disso, em tempos de Fake News, 78% dos ouvintes consideram esse veículo como confiável, “um dos maiores índices entre os meios de comunicação”, afirmou o artigo que também considerou o rádio como uma “fonte ágil” e “precisa” de informação.

Houve crescimento no consumo de rádio pela web, o tempo médio diário dos ouvintes é de 2h21min, um acréscimo de 14 minutos em comparação a análise passada.

De acordo com outra pesquisa, “Atlas da Notícia”, do Projor – Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo Atualmente, no Brasil, há 4.007 estações de rádio (entre AM e FM), 3.368 jornais impressos, 2.773 emissoras de televisão e 2.263 veículos online. Entretanto, a quantidade de títulos de revistas circulando no país é de apenas 56 edições nacionais.

A pesquisa apontou que 81 rádios encerraram suas atividades, como os jornais: “Brasil Econômico”, “Diário Mercantil”, “Jornal do Comercio”, “Diário de São Paulo”, “Diário do Comércio” e “Jornal da Tarde”.

O rádio continua sendo a preferencia dos jovens! A pesquisa apontou que 91% dos ouvintes na faixa etária entre 15 e 19 anos declararam ter consumido rádio nos últimos 30 dias, “com  alcance de 90% entre as pessoas de 20 a 49 anos”, informou o artigo.

Tags:

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?