Matéria de Gente

Veja como as parcerias entre cantores brasileiros e latinos quebram barreiras culturais.

Parcerias entre cantores brasileiros e latinos se tornam meios de explorar novas fronteiras. Anitta e Luan Santana não são os pioneiros a fazer parcerias. Isso sempre ocorreu no mercado. Para Marcelo Costa, crítico e editor do site musical Scream & Yell , esse cenário é algo que ocorre há bastante tempo, pois o mercado brasileiro é bastante representativo para o artista latino. A maioria dos artistas latinos não consegue entrar no mercado brasileiro, por isso essas parcerias se tornam uma maneira de tentar apresentar estes artistas para o público e vice-versa.

Marcelo Costa ainda explica que os brasileiros foram acostumados a se distanciar da cultura latina, embora também sejam produtores neste cenário. “No auge do mercado fonográfico brasileiro, nos anos 1970 e 1980, as gravadoras trabalharam muito massivamente artistas estrangeiros. Então Fito Páez [cantor argentino] nos anos 1980 não teve o mesmo trabalho de divulgação que o U2 tinha. Talvez o brasileiro não entenda inglês e não entenda espanhol, mas ouve mais música anglo-saxã porque tá acostumado a isso. Eu acho que foi um trabalho de rádios, foi uma estratégia de gravadoras de focar em determinados mercados”.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?