UK Music welcomes new search engines code

A organização UK Music, parabenizou a união entre Google e Microsoft com a notícia de que as empresas estão unidas na criação de código antipirataria na internet.

A UK Music reúne várias organizações comerciais da indústria musical, incluindo o BPI, o AIM, a Music Publishers Association e vários outros órgãos que representam os criadores de música e os seus gestores, bem como as sociedades de gestão colectiva PPL e PRS.

Embora o BPI tenha liderado a ação do código voluntário na internet, a UK Music também tem participado da ação que pressiona o Governo a forçar empresas de pesquisa na internet a adotarem medidas contra a pirataria.

Leia na origem

How the technology behind Bitcoin could change the music industry – and help everyone get paid

Conheça a tecnologia “Blockchain” e como ela poderia mudar a Indústria Musical.

A indústria da música ainda encontra-se em crise, ultrapassada pela revolução digital e pouco disposta a inovar e adaptar-se. Com músicos de grande porte lutando para receber por suas criações, a promessa de uma nova tecnologia poderia apoia-los. É a tecnologia “Blockchain”.

Em seu artigo, Josh Hall, fala como a tecnologia “Blockchain” poderia mudar a indústria musical. Uma das oportunidades oferecida pela tecnologia é a transação de virtual em tempo real. Que além da agilidade, contornaria uma indústria que ainda conduz seus negócios em papel.

Leia na origem

BRAZIL CMO UBC BOLSTERS NEIGHBOURING RIGHTS DIVISION AFTER SIGNING SONY AND WARNER

A Sony Music e a Warner Music assinaram com a UBC (União Brasileira de Compositores). A entrada das gravadoras na organização trará um reforço no departamento de direitos conexos, permitindo maior efetividade de seu trabalho.

No Brasil, os direitos conexos são licenciados juntamente com direitos de publicação e de execução. Porém, isso é diferente para a maioria dos territórios, como o Reino Unido, por exemplo, onde o PPL coleta direitos conexos, enquanto o PRS lida com direitos de execução de publicação.

Peter Strauss, Gerente de Relações Internacionais da UBC, disse que a divisão de direitos conexos se especializará na manutenção e entrada de novos registros, visando garantir que as gravadoras, tanto grandes como independentes, possam contar com maior agilidade, a resolução de informações conflitantes e a liberação de royalties até então não identificados.

Leia na origem

Apple Music: Sometimes humans are better than algorithms in getting things done

Matéria de Tech2

Com curadoria de músicas realizada por equipes de pessoas, Apple Music possui importante diferencial.

Nash David, autor do texto fala sobre o diferencial da Apple Music: a curadoria de músicas realizada por pessoas.

Apaixonado pela Índia, Nash fala que dava preferência ao Youtube para ouvir músicas, assim como seus amigos. No entanto, o serviço se mostrou limitado por não dar ao ouvinte a oportunidade de descobrir novas músicas e artistas, como a Apple disponibiliza.

Para Nash, a força da Apple Music está na curadoria humana. Em cada gênero, há uma equipe dedicada que atualiza constantemente as playlists. A ordem das músicas e a própria lista são constantemente mantidas como relevantes. Além disso, há uma lista de reprodução para cada dia, humor e ocasião.

Leia na origem

London tech firm JAAK announces ‘MΞTA’ blockchain pilot for media industry

Matéria de EconoTimes

Empresa de tecnologia “blockchain” anuncia projeto piloto voltado para as indústrias de mídia e entretenimento.

A JAAK anunciou plano para um projeto piloto voltado para a indústria de mídia e entretenimento. A empresa de tecnologia com foco em “blockchain” – estruturas de dados que representam um registro de uma transação financeira – conecta mídia, meta dados, e direitos. O anúncio foi feito pelo fundador da empresa, Vaughn McKenzie, durante a conferência EDCON ’17 (The European Ethereum Development) em Paris.

Com o anúncio da MΞTA, a JAAK aceitará as principais organizações de música e mídia para se juntar à Iniciativa Guardian. Nesta iniciativa, os membros do consórcio irão testar, experimentar e explorar oportunidades de “blockchains” e seu potencial em suas respectivas indústrias.

Leia na origem

Country music may be Pandora’s secret weapon

Matéria de MarketWatch

Pandora aposta na música Country para conquistar assinantes em seu novo serviço Premium.

No próximo mês, o serviço de streaming Pandora Media pretende lançar seu plano Premium de 10 dólares por mês e embora tenha grandes concorrentes como Spotify e Apple, a música Country pode ser sua grande aliada.

A Pandora aposta que os fãs de Country poderão se interessar pelo serviço, já que 55 milhões de seus 78 milhões de ouvintes mensais ativos, sintonizaram a estação “Today’s Country”.

O sucesso do Country na Pandora é tão grande que Cindy Mabe, Presidente da universal Music em Nashville, afirmou que 10 de seus artistas tiveram músicas transmitidas em Pandora mais de 1 bilhão de vezes.

Leia na origem

SoundCloud aposta em Marketing Programático

O SoundCloud estabeleceu uma nova parceria que deverá ajudar a globalizar as suas ferramentas.

O SoundCloud estabeleceu uma nova parceria Rubicon Project para tornar os inventários de vídeo e áudio da plataforma acessíveis de forma automatizada e em tempo real.

“Isto significa que marcas de qualquer ponto do globo vão poder aceder aos diferentes públicos do SoundCloud, nos diferentes ecrãs. Alison Moore, chief Revenue officer do SoundCloud, acredita que a novidade tornará mais fácil para os anunciantes partilhar a sua mensagem com a pessoa certa, precisamente no momento certo.”

Leia na origem

Presidente da Sky diz que legislação brasileira é atrasada e cobra igualdade tributária com Netflix

Matéria de Tudocelular.com

Cobrando igualdade tributária, presidente da Sky diz que quando a lei foi criada não havia Netflix

Luiz Eduardo Baptista, presidente da Sky, se mostrou insatisfeito com a legislação brasileira perante o setor de mídia brasileiro. Segundo ele, a lei é antiquada e precisa se atualizar para se adaptar à realidade do mercado. Ele aproveitou para reclamar da desigualdade tributária em relação à Netflix.

O presidente da Sky reclamou que as autoridades não cobram os mesmo tributos para a Netflix. Baptista, também afirmou que “a queda de seu setor está mais relacionada à crise econômica do que à rivalidade com plataformas como a Netflix. Ele acredita que o streaming não matará a televisão por assinatura. “Você não vê futebol ou shows ao vivo na Netflix””.

Leia na origem

Google e Bing se unem na guerra contra a pirataria

Uma parceria inédita entre agentes governamentais, Google, Microsoft e representantes da indústria fonográfica tentará fazer com que a pirataria perca força no Reino Unido.

Visando a diminuição da pirataria na Internet, Google, Bing e outros provedores concordaram em se unirem para criarem medidas que bloqueiam o acesso de usuários e proíbem sites de conteúdo ilegítimo a aparecerem nas pesquisas.

A ideia da nova aliança é impactar principalmente internautas que, em busca de conteúdo legítimo, acabam esbarrando na pirataria por engano. A BPI – entidade que representa a indústria fonográfica britânica- cita um estudo segundo o qual um terço dos sites piratas contém malware.

Leia na origem

Univision and Deezer Announce Partnership to Showcase Emerging Latin Artists

Matéria de Billboard

Univision, emissora de televisão americana fecha parceria com a Deezer nos Estados Unidos para promover mercado latino.

A Univision e o serviço de streaming de música global Deezer estão unindo forças para promoverem e exibirem artistas latinos em suas plataformas. A Univision é conhecida por ser uma emissora de televisão americana dedicada à comunidade hispano-americana nos Estados Unidos.

A Deezer oferecerá um teste gratuito exclusivo de dois meses de seu serviço Premium aos espectadores da Univision. Na notícia, Executivos das empresas comentam a parceria.

Leia na origem

©2020 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?