Matéria de the Guardian

Uma reflexão sobre a Indústria da música, direito autoral e seu vilão, o YouTube.

O negócio da música é um lugar difícil para a maioria dos artistas ganharem dinheiro. Esta luta ficou mais evidente quando foi revelado pela a indústria do Reino Unido que os artistas ganharam mais das vendas de vinil em 2016 do que com pagamentos do YouTube para ver vídeos de música.

Enquanto o YouTube fatura milhões com reprodução de vídeos musicais, é um longo caminho para que as receitas chegue aos bolsos dos artistas. O maior problema para os criadores de música é que os serviços de streaming de vídeo, que são as fontes de renda mais importantes de música on-line, lhes pagam royalties insignificantes. Esta é uma grande falha na paisagem musical. “É injusta, e é alarmante”. Por isso que as reformas da UE atualmente em discussão são tão importantes.

Tags:

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?