Matéria de Billboard

Lyor Cohen, atual chefe de música global do YouTube, comentou sobre o acordo com a Warner, dizendo que está surpreso com as declarações do memorando de Stephen Cooper.

Recentemente, através de um memorando, o chefe da Warner Music, Stephen Cooper, anunciou o acordo com o YouTube. A notícia ganhou destaque pela frustação de Cooper com a plataforma de vídeo, principalmente por que grande parte de seu conteúdo é considerado pirata.

Nesta semana, em uma entrevista para Peter Kafka, Lyor Cohen, ex-CEO e presidente de música gravada no Warner Music Group e atual chefe de música global do YouTube, comentou sobre o assunto.

Em relação ao memorando de Cooper, Cohen disse que ficou “surpreso” porque as questões levantadas pelo chefe da Warner não foram “o contexto ou o teor das negociações” e ele afirmou estar “impressionado”.

Ele disse ainda que nada foi comentado sobre os “safe harbors” e que este novo acordo foi voltado para o interesse comum de ambas as empresas na construção de uma plano para assinantes e negócios baseados em publicidade.

Tags:

Leia na origem

©2022 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?