Matéria de G1

Gravadoras estão brigando por causa dos lucros de seis álbuns do rapper Drake.

A gravadora Cash Money Records foi processada ex-gravadora de Drake, a Aspire Music Group, que alegou ter assinado com Drake em 2008, mas “recebeu somente “alguns adiantamentos modestos” da Cash Money e dos donos Bryan “Birdman” Williams e Ronald “Slim” Williams. Um contrato de 2009, que libera Drake para gravar para o outro selo, pede em troca de um terço dos lucros dos álbuns”.

A queixa também acusa a “Cash Money de induzir Drake, em 2013, a quebrar seu contrato de “artista exclusivo” com a Aspire, ao assinar um acordo concorrente, o que teria gerado um prejuízo de mais de US$ 10 milhões à empresa”.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?