Matéria de Digital Music News

Visando o retorno da música ao vivo, Live Nation está instalando tecnologia para transmitir shows ao vivo de 60 locais os EUA. Fãs do mundo poderão assistir seus artistas favoritos com apenas um toque.

Em janeiro publicamos a notícia de que a Live Nation havia adquirido uma participação na Veeps, uma plataforma de transmissão ao vivo com ingressos criada pelos co-fundadores do Good Charlotte – Joel e Benji Madden. Agora, a Live Nation atualizou a notícia anunciando que já está usando a tecnologia da plataforma em mais de 60 locais para garantir o retorno da música ao vivo nos Estados Unidos.

Conforme nota enviada ao Digital Music News, a empresa informou que está no processo de criação de mais de 60 salas de shows nos Estados Unidos, usando as ferramentas necessárias para permitir que artistas “transmitam seus eventos ao vivo com o toque de um botão para os fãs em todo o mundo”.

Por enquanto, a empresa dona da Ticketmaster afirmou entre os clubes, teatros e anfiteatros , estão confirmados o Fillmore (em São Francisco e Filadélfia), o House of Blues (em Chicago e Nova Orleans), o The Wiltern de LA, além de anfiteatros, incluindo o Shoreline Amphitheatre, na Califórnia, e o The Gorge, em Washington.

O co-fundador Joel Madden enfatizou os benefícios que os artistas poderão ter com a transmissão de shows ao vivo para os fãs do mundo todo:

“Entre os artistas, costuma-se dizer que o único lado de nossas carreiras que realmente nos pertence é a turnê. Ajudar uma indústria a se tornar prontamente disponível para os artistas é uma grande vitória para nossa comunidade e não poderíamos estar mais felizes”.

“Agora, com o toque de um botão, cada artista tocando nesses locais pode tornar seu show um evento global. Já vimos como os programas de transmissão ao vivo impulsionam o engajamento em todas as outras áreas do negócio de um artista e a receita de ingressos adicionada permitirá que eles reinvistam em sua arte e tornem o que estão oferecendo aos fãs ainda melhor”, continuou o músico e empresário.

Mesmo com alto índice de casos de Covid-19 nos Estados Unidos, com a ampliação da vacinação por lá, as evidências sugerem que os shows em grande escala retornarão em breve. Tanto que o famoso Hollywood Bowl já revelou planos de dar início a “14 semanas de shows com uma mistura de programação” em julho. Vários festivais de música também estão programados para acontecer ainda em 2021, e muitos profissionais do entretenimento revelaram seus cronogramas de apresentações.

 

 

Foto: reprodução

Tags:

Leia na origem

©2022 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?