Matéria de Folha de S.Paulo

Mesmo sem tocar nas rádios, a música coreana tem conquistado cada vez mais fãs no país. Entenda porque o k-pop se tornou tão popular entre os jovens brasileiros.

A Folha de São Paulo fez uma publicação muito interessante sobre o fenômeno do k-pop no Brasil. Mesmo sem tocar nas rádios, a música coreana tem conquistado cada vez mais fãs no país.

O k-pop é a música pop sul-coreana que tem cativado, principalmente, os jovens brasileiros de 12 a 20 anos, com suas boys e girl bands.

O grupo BTS é o mais conhecido. Seu EP “Love Yoursef”, estreou na Billboard 200 em sétimo lugar. O grupo foi o primeiro do gênero a atingir o top 10 da parada americana. O mais impressionante é que o BTS, assim como o k-pop conquistaram muita coisa sempre precisar estar presente nas rádios. Assim como nos EUA, o k-pop não toca nas rádios brasileiras, mas o BTS já veio três vezes ao país com ingressos esgotados, em poucas horas.

O k-pop virou o maior representante da Onda Coreana, ou o Hallyu, a expansão cultural da Coreia do Sul. Sang Kwon, diretor do Centro Cultural Coreano no Brasil não soube dizer porque os brasileiros se conectaram com a cultura: “Enquanto outros países usam seus idiomas para expandir suas culturas, a Hallyu se espalhou rapidamente pela internet”.

Segundo a Folha, neste ano aconteceu o primeiro K-Pop Academy, um evento promovido pela instituição com cursos de dança e canto ministrados por professores coreanos. Além disso, o Brasil recebeu uma audição global da SM Entertainment, uma das principais agências de talentos coreanas. Foram 6.000 inscritos, o maior número no mundo.

Atualmente, há várias formas de ter acesso ao k-pop. São inúmeros canais no Youtube e playlists específicas em plataformas de streaming. Os clipes atrativos e mistura de ritmos como rock, rap e até o reggaeton fazem do k-pop ser algo único. O Centro Cultural Coreano confirmou que a procura por aulas do idioma tem aumentado, mostrando que o gênero deve ficar na moda por muito tempo.

Foto: ilgan Sports/Getty Images

 

Acompanhe nosso blog também pelo Instagram! @mct.mus

Tags:

Leia na origem

©2022 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?