Matéria de

O novo relatório “Investir na música” realizado pela IFPI (The International Federation of the Phonographic Industry) informou que as gravadoras permanecem como os maiores investidores em música, são mais de US$ 4,5 bilhões investidos em A&R e marketing em 2015. A pesquisa teve associação da WIN, Worldwide Independent Network, e destaca o trabalho realizado por equipes de profissionais em gravadoras. “Em […]

O novo relatório “Investir na música” realizado pela IFPI (The International Federation of the Phonographic Industry) informou que as gravadoras permanecem como os maiores investidores em música, são mais de US$ 4,5 bilhões investidos em A&R e marketing em 2015. A pesquisa teve associação da WIN, Worldwide Independent Network, e destaca o trabalho realizado por equipes de profissionais em gravadoras.

“Em conjunto, apresentando o relatório, Frances Moore, diretor executivo da IFPI e Alison Wenham, CEO de Win, disse: “[…] No mundo digital, a natureza do trabalho das gravadoras tem evoluído, mas sua missão essencial permanece o mesmo: descobrir novos artistas, construindo suas carreiras e trazendo a melhor para os fãs. Estas são as qualidades definidoras do investimento das gravadoras na música.” Leia a matéria completa em “Leia na Origem”.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?