Perante uma liminar que poderia suspender a estreia da novela “O Sétimo Guardião, a Rede Globo, decidiu creditar todos os alunos do curso de roteiristas, ministrado por Aguinaldo Silva. Toda a sinopse da novela e seus personagens foram criados pelos alunos do curso MasterClass, ministrado por Aguinaldo, ganhador do Emmy Internacional de Melhor Novela.

A nova novela da Rede Globo, ‘O Sétimo Guardião’, quase foi impedida de ir ao ar em sua estreia por falta de créditos aos devidos autores.

O escritor Silvio Cerceau, entrou com uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, no dia 29 de outubro, solicitando que a novela não fosse ao ar, caso ele e mais 25 alunos do Curso MasterClass, não fossem reconhecidos como coautores do romance.

Silvio Cerceau alegou que toda a sinopse da novela e seus personagens foram criados pelos alunos do curso de roteiristas MasterClass, ministrado por Aguinaldo Silva, em 2015.

De acordo com o portal NaTelinha, um trecho da tutela de caráter de urgência, aberta por Silvio Cerceau na 33ª Vara Cível do Rio de Janeiro afirmou:

“A estreia e manutenção da exibição da obra sem os devidos créditos ao réu constituem verdadeiro perigo ao resultado útil do processo, tendo em vista que a creditação pós-término da obra seria, além de tecnicamente inviável, extremamente prejudicial ao réu, parte claramente vulnerável na relação. Ademais, a exibição da obra sem os devidos créditos constituiria grave ofensa ao direito autoral, especialmente ao critério da inalienabilidade e irrenunciabilidade dos direitos morais”.

Fontes do portal afirmaram que a juíza responsável pelo caso estaria favorável a Cerceau e por isso o setor jurídico da Rede Globo manifestou à justiça, antecipadamente, o compromisso de creditar todos os alunos na sinopse da novela. Um documento confirmando os créditos foi emitido horas antes da estreia:

“Diante das informações e esclarecimentos prestados por Vossas Senhorias, no que diz respeito à novela ‘O Sétimo Guardião’, de que a sinopse inicial foi desenvolvida pelo autor Aguinaldo Silva a partir de ideias e colaborações de 26 alunos que participaram do curso ‘Masterclass’, promovido pela Casa de Artes Produções Artística, Literária, Cursos, e Eventus Culturais EIRELI-ME, na cidade de Petrópolis-RJ (sendo certo que os direitos autorais patrimoniais oriundos de tal colaboração já foram cedidos a esta emissora por Termo de Cessão datado de 28 de fevereiro de 2018), a TV Globo informa que concederá os créditos aos mencionados alunos quando da exibição de ‘O Sétimo Guardião’ na grade de programação desta emissora, cuja estreia está prevista para o dia 12 de novembro de 2018”.

“Com essa manifestação da Globo, mesmo com a publicação da liminar a favor de Silvio Cerceau, a decisão perderia seu efeito jurídico já que os direitos autorais já estariam sendo resguardados. Com isso, eliminando a possibilidade da novela ser impedida de ir ao ar”, explicou o portal.

Silvio Cerceau comentou sobre a decisão da Globo ao portal : “A justiça começou a ser feita”.

Em uma entrevista, Aguinaldo Silva, autor da novela afirmou apenas que a decisão sobre os créditos não está em suas mãos: “A novela não é minha, é da Rede Globo. Quem decide o que vai ou não sair nos créditos é a Rede Globo, eu vou acatar”, se esquivou. A Globo não se pronunciou sobre o caso.

 

Foto: Divulgação/TV Globo

Tags:

Leia na origem

©2019 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?