Matéria de CNBC

Disney+ bateu a marca de serviços como HBO Now e ESPN+ . Veja uma comparação entre os serviços que mais conseguiram assinantes em sua estreia.

Nesta terça-feira (12), a Disney lançou seu serviço de streaming  já superando as expectativas ao alcançar a marca de 10 milhões de assinantes.

De acordo com a CNBC, apesar do resultado impressionante, é importante salientar que boa parte desses assinantes encontram-se no período gratuito para testes, e nem todas as inscrições representam clientes que continuarão a pagar pelo serviço.

Além disso, a operadora de telemóveis Verizon, está oferecendo a seus clientes um ano gratuito do serviço, o que deve movimentar ainda mais o número de assinantes.

A CNBC publicou uma lista com os serviços de streaming que mais receberam assinantes em seu primeiro dia de lançamento:

– Netflix (lançado em 2007): 158 milhões de assinantes, 60,6 milhões de assinantes nos EUA (em outubro).

– Hulu (começou a transmitir em 2007): 28,5 milhões de assinantes nos EUA (a partir de novembro).

– HBO (fundada em 1972, começou a transmitir fora do pacote de TV paga em 2015): 34 milhões de assinantes nos EUA, 8 milhões de assinantes do HBO Now (em outubro).

– CBS All Access e Showtime (começou a transmitir em 2014): 8 milhões de assinantes (a partir de fevereiro);

– ESPN+ (começou a transmitir em 2018): 3,5 milhões de assinantes (a partir de novembro).

– A Amazon não divulga o número de usuários do Amazon Prime Video. Os Parceiros de Pesquisa de Inteligência do Consumidor estimaram que havia 100 milhões de assinantes Prime em janeiro.

Foi possível perceber que a Disney obteve mais assinantes que serviços como HBO Now, CBS All Access + Showtime e ESPN+ em seu primeiro dia de lançamento. A previsão é de que o Disney+ chegue a 90 milhões de assinantes até 2024. No Brasil, o serviço estará disponível apenas em 2020.

 

Foto: Divulgação

Tags:

Leia na origem

©2019 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?