Facebook vai tentar assumir a sua TV

Facebook está criando um novo aplicativo para reprodução de vídeos da rede social.

O Facebook está desenvolvendo um aplicativo que terá a função de reprodução de vídeos da rede social em Smart TV’s. O app apenas permitirá o acesso a vídeos, não tendo funções de postar e visualizar fotos. Ele seria uma espécie de Youtube.

Essa iniciativa irá hospedar um conteúdo mais profissional, ajudando a companhia a abocanhar parte do mercado publicitário focado em televisão, uma vez que a própria empresa previu que a partir deste ano sua receita publicitária tende a diminuir, já que não há mais espaço para colocar anúncios no feed de notícias.

“O Facebook tem conversado com empresas de mídia para incentivá-las a criar material exclusivo e que tenha mais de 10 minutos de duração — programas roteirizados, ligados a esporte ou entretenimento. Além disso, a companhia também tenta licenciar programas que são transmitidos atualmente na TV”.

Leia na origem

Major labels sue mixtape sharing app

Plataforma de música Spinrilla está sendo acusada de violação de direitos autorais.

A Spinrilla é plataforma digital especializada na distribuição de mixtapes não-oficiais de hip hop. Ela esta sendo acusada de violação de direitos autorais pela Recording Industry Association of America.

O advogado, James Lamberth, escreveu na queixa que através do site e aplicativos do Spinrilla, os usuários com uma conta podem carregar conteúdo podendo fazer download ou stream on demand gratuitamente e além disso, uma grande parcela de conteúdo carregado para o site e aplicativos consiste em gravações de músicas populares cujos direitos autorais são de propriedade dos queixosos.

Leia na origem

Government agrees “principle of transparency” important for well-functioning digital market in Lords debate

Foi discutida na Câmara dos Lordes a transparência em acordos de domínio digital com artistas e compositores.

Na House Of Lords, ou Câmara dos Lordes, a câmara do parlamento do Reino Unido, foi discutida a questão da transparência para os artistas e compositores e como suas gravações e músicas estão sendo exploradas no domínio digital.  O democrata liberal Tim Clement-Jones apresentou sua anteriormente relatada emenda à Lei de Economia Digital.

A transparência é uma preocupação, uma vez que empresários argumentam que eles e seus artistas são deixados no escuro sobre os acordos feitos entre gravadoras, editoras, sociedades de gestão coletiva e os serviços de streaming. Isto significa que os artistas são incapazes de auditar corretamente os royalties digitais que são pagos, impedindo uma avaliação correta sobre os melhores negócios.

Conforme relatado anteriormente, Clement-Jones propôs no mês passado uma emenda ao DEB que forçaria as entidades corporativas que possuem ou controlam direitos autorais a cumprir certos padrões de transparência.

Leia na origem

BMG launches global production music services agency

Matéria de @MusicWeek

BMG lança agência de serviços de música de produção global com um catálogo de 400 mil faixas.

O Lançamento da BMG Production Music inclui escritórios em LA, Nashville, Londres, Hilversum e Berlim, e tem um catálogo de cerca de 400.000 faixas abrangendo todos os gêneros.

A nova agência possui estúdios personalizados, equipes criativas globais para pesquisa musical e supervisão de projetos e um catálogo com curadoria internacional acessível on-line, com cerca de 400.000 faixas.

Para o diretor financeiro da BMG, Maximillian Dressendoerfer, o lançamento simboliza a importância da produção de música dentro da BMG e sinaliza o compromisso com esse setor em crescimento.

Leia na origem

Meet Spotty, a free upcoming app that brings Spotify offline playback to Apple Watch [Video]

Matéria de 9to5Mac

Aplicativo permite sincronizar playlists do Spotify no Apple Watch.

Para quem gosta de tecnologia e é assinante Premium do Spotify, conheça o Spotty. Ele é um app impressionante que é capaz de reproduzir todas as playlists do Spotify em modo off-line, no Apple Watch.

Funciona assim, depois de fazer o download do Spotty para o seu iPhone, você precisará iniciar o aplicativo do iPhone e dar permissão para usar sua conta do Spotify Premium. Depois que a permissão for concedida, todas as suas listas de reprodução e álbuns aparecerão na interface do Spotty.

O aplicativo ainda está na fase Beta, de testes, e terá versão gratuita.

Leia na origem

BT defends Google and Android in EU antitrust case

Matéria de Engadget

Empresa de telefonia britânica, a BT, envia carta em apoio ao Google na acusação de domínio do Android.

A BT, empresa de telefonia britânica, enviou uma carta à Comissão Europeia para apoiar o Google nas acusações de que ele estaria abusando do domínio de seu sistema operacional Android para smartphones.

Na carta, a BT afirma que instala seus próprios aplicativos ou aplicativos de terceiros em dispositivos junto com aplicativos do Google pré-carregados. Ela valoriza a estabilidade e compatibilidade contínua dos sistemas operacionais e ainda por isso que saúda as iniciativas anti-fragmentação, como a do Google.

O Google é acusado de forçar seu próprio software – YouTube, Google Drive, Play Music e muito mais – nos fabricantes de telefones que desejam usar alguma versão do Android. Enquanto a plataforma é de código aberto, permitindo a instalação de outros aplicativos, O Google tem um “Anti-Fragmentation Agreement” que protege um aspecto muito grande: a Play Store. Se você quiser o mercado do Google, você tem que aceitar o resto do software da empresa. Que, de acordo com a Comissão Europeia, é um abuso da posição de mercado, pois não permite aos fabricantes escolherem livremente qual software vem com seus dispositivos.

Leia na origem

Las ventas físicas siguen siendo la mayor fuente de ingresos para Sony

Matéria de Industria Musical

Site destaca o faturamento da Sony Music pelas plataformas de streaming.

Sony Music Entertainment gerou US $ 1,24 bilhões em plataformas de streaming durante 2016, com US $ 372 milhões nos últimos três meses do ano.

No entanto, para uma margem curta, as vendas físicas permanecem a maior fonte de renda para a Sony Music, pelo menos durante o ano que acaba de terminar. As vendas de CDs e vinis geraram US $ 1,26 bilhões em 2016, representando um aumento de 1,8% em relação ao streaming.

Leia na origem

Stem Helps Split Royalties, and Takes Off as Music Distributor

Conheça plataforma Stem que está atraindo autores independentes pela facilidade de gerenciar as divisões de Royalties em colaborações.

O serviço Stem começou há apenas um ano, mas já ganhou destaque na indústria da música. Ele se tornou uma plataforma que atende a artistas independentes, distribuindo sua música em streaming e organizando as muitas vertentes de royalties que se acumulam a partir de Cliques dos fãs.

O Stem foi fundado em Los Angeles e tem atraído uma clientela de jovens artistas que operam independentemente, mas que colaboram com outros artistas famosos. Para eles, a atração de Stem é sua capacidade de gerenciar facilmente as complexas divisões de royalties entre várias partes que resultam de tais colaborações.

Leia na origem

Is Facebook Trying to Screw an Entire Music Industry?

Matéria de Digital Music News

O Facebook divulgou estar construindo uma estratégia agressiva focando em conteúdo de vídeos. Por enquanto nenhuma licença é paga aos autores e a preocupação só aumenta.

As ações do Facebook cresceram após a notícia sobre o aumento de receitas com anúncios. Anteriormente, Tamara Hrivak foi contratada para lidar com questões sobre Direito Autoral. No entanto, a gigante das mídias sociais ainda tem que enfrentar um problema sério: eles não possuem nenhuma licença de música.

O Facebook, como o YouTube, atualmente hospeda centenas de milhares de vídeos musicais. Enquanto os artistas se queixam dos pobres pagamentos realizados pelo YouTube, no Facebook nada é pago.

A preocupação quanto aos pagamentos de royalties na rede social, só aumenta, uma vez que Mark Zuckerberg divulgou que cada vez mais a empresa focará em produzir conteúdos de vídeos. Por enquanto, nada é pago a quem possui direitos sobre vídeos postados na rede social.

Leia na origem

©2020 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?