Direitos autorais: YouTube entra em acordo com Ecad e Ubem, e ações são encerradas

Matéria de Ancelmo - O Globo

Acordo entre Ubem, Ecad e YouTube/Google garante tornar mais justas as remunerações de compositores.

A União Brasileira de Editoras de Música (Ubem) e o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) assinaram um acordo com YouTube/Google para tornar mais justas as remunerações de compositores.

As instituições exigiam equidade nos valores oferecidos no Brasil. Com o acordo, a Ubem garante a conformidade com os patamares aplicados internacionalmente pela utilização das obras musicais na plataforma.

Assim, foram encerradas todas as ações judiciais movidas pelas entidades.

 

Leia na origem

Spotify estreia na Bolsa de Valores com bom desempenho

Spotify estreou bem na Bolsa de Valores de Nova York, mas Daniel Ek quer focar em objetivos de longo prazo.

O Spotify estreou hoje (03/04) na Bolsa de Valores de Nova York. Seu desempenho foi considerado bom. Os papéis estão sendo comercializados no valor de 166 dólares e seu valor de mercado chegou a 30 bilhões de dólares.

Em 2015, analistas avaliavam a empresa em 8 bilhões de dólares, com a listagem pública esse valor mais do que triplicou em menos de três anos.

O fundador do Spotify, Daniel Ek, escreveu uma carta em seu blog alertando que o novo passo não muda em nada. O serviço continuará trabalhando com foco no longo prazo. “Às vezes conseguimos, às vezes tropeçamos”.

“Temos muito a fazer, estamos apenas no segundo turno e estou ainda mais animado com o futuro do Spotify”, completou Ek.

Leia na origem

Spotify, a “Solução da Pirataria na música”, foi pirateado por 2 milhões de pessoas

Matéria de Digital Music News

O Spotify revelou que cerca de 2 milhões de pessoas estão pirateando o serviço.

A semana começou agitada! O Spotify revelou que um grupo de usuários conseguiu acessar aplicativos não autorizados que bloqueiam os anúncios na plataforma. Essa função somente é permitida para quem assina o modo Premium.

A quantidade de usuários que pirateou o serviço é impressionante. Representou 1,3% da base de usuários reportados do Spotify. Além disso, a empresa rebaixou seus usuários totais de 159 milhões para 157 milhões, bem como o total de horas transmitidas no ano passado, de 40,3 bilhões para 39,8.

Com relação aos assinantes pagos, a porcentagem de pirataria chegou a quase 3%. Tudo isso se traduz em milhões de dólares de receitas perdidas. Infelizmente, essa “descoberta súbita” significa que os números do Spotify foram superestimados.

É difícil prever se a descoberta afetará a entrada do serviço na bolsa de valores. A empresa entrou em contato esses usuários de aplicativos modificados e desativou suas contas.

Leia na origem

Merlin Strikes Deals With Chinese Streaming Services, Bringing Independent Music to 500 Million Users

Matéria de Billboard

A Merlin realizou cinco parcerias com serviços de música digital para alcançar 90% de todos os usuários de música na China.

O destaque do dia é o setor de música independente Chinês. A Merlin, agência global de direitos digitais para o setor de selos independentes, anunciou que realizou parcerias na China com cinco serviços de música digital: NetEase Cloud Music, da Ali Music Group; Xiami; QQ Music; Kugou e Kuwo. Sendo que os três últimos serviços são operados pela Tencent.

De acordo com a Merlin, esses acordos criarão uma nova oportunidade para os serviços de músicas independentes que desejam entrar no mercado chinês. As parcerias alcançarão um público de 500 milhões de pessoas, o que representa 90% de todos os usuários de música digital naquele país.

Charles Caldas, CEO da Merlin, comunicou que os membros da agência se beneficiarão com esse conjunto de parcerias transformadoras que poderão acelerar o crescimento em um dos mercados mais empolgantes do mundo.

A agência também revelou que cada parceria é feita de forma estruturada com o propósito de promover para seus membros o crescimento futuro, através de relatórios e oportunidades de marketing.

Leia na origem

Spotify confirma estrear na Bolsa de Valores em Abril.

Matéria de Billboard

Spotify estréia na Bolsa de Valores em Abril!

Na última quinta-feira (15) Daniel Ek, cofundador e presidente do Spotify, anunciou que finalmente o serviço de streaming de músicas será lançado na Bolsa de Valores de Nova York no dia três de abril.

A revelação da data que está sendo muito aguardada pela indústria da música foi apresentada em uma apresentação só para investidores. Será uma grande vitória para o Spotify, mas Ek fez questão de dizer que ninguém verá a empresa comemorando com festas e “tocando sinos”, pois o grupo está focado nos desempenhos a longo prazo.

Atualmente, o Spotify possui 71 milhões de assinantes pagantes e 159 milhões de usuários totais, o que gerou US$ 4,99 bilhões em receita e uma perda de US$ 461 milhões em 2017.

Leia na origem

Netflix anuncia série em parceria com o Kondzilla

Matéria de EXAME

KondZilla lançará série de oito episódios na Netflix.

O KondZilla, é conhecido por ser o maior canal do YouTube brasileiro. Já contamos sua trajetória em posts anteriores. Nessa semana ele voltou com mais uma conquista, que pode mudar a vida de outros criadores de conteúdo na plataforma de streaming de vídeos.

A notícia é que o KondZilla lançará uma série na Netflix, chamada de “Sintonia”, que irá explorar “a interconexão da música, tráfico de drogas e religião em São Paulo”. A produção chegará ao catálogo apenas em 2019.

Com 32 mil curtidas, 8 mil compartilhamentos e 455 mil visualizações, a divulgação da notícia no Facebook da Netflix viralizou nas redes sociais.

No Twitter o público está dividido, uns aprovam e outros acreditam que a plataforma poderia direcionar esforços em outras produções. O que importa é perceber como a internet está possibilitando o surgimento de novos talentos.

Leia na origem

Direitos de Autor: Facebook estabelece acordo com 3 multinacionais da música

O Facebook fez um acordo com três multinacionais na área da música.

O Facebook pagará direito autoral para músicas do catálogo da Warner Music, Universal Music Group e Sony. Assim, os usuários da plataforma, incluindo o Facebook Messenger e o Instagram, poderão fazer upload de vídeos com músicas protegidas destas três empresas sem que ocorram riscos dos vídeos serem retirados devido a violação dos direitos de autor.

Além disso, o Facebook pretende estabelecer mais acordos com outras companhias da área da música a fim de aumentar o leque das músicas salvaguardadas para uso dos seus usuários.

Leia na origem

UNIVERSAL: WE WILL SHARE SPOTIFY MONEY WITH ARTISTS WHEN WE SELL OUR STOCK IN STREAMING PLATFORM

A Universal Music confirmou que irá repassar aos seus artistas os lucros das vendas das ações do Spotify.

O site Music Business Worldwide divulgou que a Universal Music irá repassar aos seus artistas os lucros das vendas das ações do Spotify. Há dois anos, a Warner e a Sony Music já haviam confirmado o compromisso de repassar o dinheiro aos artistas, mas não houve nenhuma palavra da Universal sobre o assunto – até agora.

Fontes próximas à gravadora disseram que estavam impedidos de fazer qualquer declaração até que o Spotify confirmasse oficialmente sua entrada na bolsa de valores de Nova York. Fato que ocorreu na quarta-feira passada (28 de fevereiro).

Com o registro do serviço de streaming na bolsa de valores, várias informações importantes sobre a indústria musical foram reveladas, como por exemplo, o dado de que a Sony Music atualmente possui uma participação de mais de 5%. Uma grande surpresa, pois muitos não esperavam que a Sony poderia ter uma parcela maior de ações do que a Universal.

Leia na origem

YouTube is adding a new AR green screen effect to its stories feature

Matéria de The Verge

O Google trará ao Stories do YouTube um novo recurso com realidade aumentada!

O Google trará uma novidade para o YouTube semelhante aos filtros do Stories do Instagram e Snapchat. O novo recurso já está sendo testado em versão beta e será uma grande novidade para os usuários.

Os filtros serão como um efeito líquido em uma tela verde de realidade aumentada, permitindo que os criadores possam inserir o que quiserem como seu cenário em tempo real. O mais interessante é que não será necessário usar uma tela verde real para facilitar a separação do assunto.

Por enquanto, o Google pretende testar a tecnologia no Stories do YouTube e no futuro testará em outros serviços e aplicativos.

Leia na origem

iHeart Media inching closer to bankruptcy

Matéria de New York Post

Após alavancagem financeira, o iHeart está prestes a declarar falência.

A rede de rádio americana iHeart está prestes a declarar falência. Segundo o Ny Post, os principais credores já estão trabalhando nos detalhes finais para realizar o processo de declaração de falência.

Em 2008, as empresas de private equity, Bain Capital e Thomas H. Lee Partners, adquiriram o iHeart e realizaram uma alavancagem financeira, onde financiaram o valor referente a 9 vezes o fluxo de caixa da empresa. A dívida se tornou um grande problema para a rádio que em 2016 teve uma perda líquida em torno de US$ 300 milhões.

O financiamento também prejudicou o setor de inovação do iHeart que não conseguiu investir em novas tecnologias.

Fontes afirmaram que o iHeart não precisará de um financiamento devedor quando declarar falência.

Leia na origem

©2018 MCT - Música, Copyright e Tecnologia.

ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?